declaração do MEI

 

Dúvida de quando declarar o rendimento do MEI do ano calendário de 2019?

conforme a legislação …. vai de 01/01 (primeiro de Janeiro) a 31/05 (trinta e um de maio) de 2020.

E o que deve ser informado?

Os todos rendimentos brutos obtidos através do CNPJ. Importante todos tem que ter origem de um CPF ou CNPJ.

 

Se os rendimentos de 2019 ultrapassaram o valor de R$ 81.000,00 o que faço?

Primeiramente você será desenquadrado do MEI e passará para o simples nacional. Para esse passo você precisa de um contador, que passa a ser obrigatório, e mesmo ira auxilia-lo nesse transição.

Se ultrapassar em até 20% do valor, ou seja, o total dos rendimentos chegou a R$ 97.200,00, não precisa se preocupara, o sistema vai calcular a diferença dos tributos automaticamente, com base na tabela do simples nacional. O você irá pagar uma DAS adicionais da diferença que ultrapassou. (item, 1, alínea “a”, do Inciso II, do §º2º, do artigo 115 da  Resolução CGSN nº 140, de 2018).

 

Se passar de 20% ou seja acima de R$ 97.200,00, com o auxílio do contador, deverá ser feito a tributação desde de 1 de janeiro do ano do fato ou da data da abertura do ano calendário. E todas as obrigações contábeis. item, 2, alínea “a”, do Inciso II, do §º2º e §9°do artigo 115 e da Resolução CGSN nº 140, de 2018).

Lembre-se em ambas as opções você deixara de ser MEI e passa a tributar pela tabela do simples nacional, de acordo com tua atividade da tua empresa.

 

Dica importante, faça um bom planejamento, verifica se você vai permanecer o ano todo no MEI ou se teu faturamento vai ultrapassa , se ultrapassar isso altera os custos, então você tem que repassar esse valor, na hora de elaborar o custo do teu produto ou serviço, para não ter prejuízo no negócio.

Na dúvida procure um contador.

Link para declarar.

http://www8.receita.fazenda.gov.br/SimplesNacional/Aplicacoes/ATSPO/dasnsimei.app/Default.aspx